Trai o movimento nerd, veio!

Como disse Vinicius de Morais: que seja eterno enquanto dure.

Então… eu tinha “abandonado” o vim e o gcc/gdb modo console para usar o Eclipse com o CDT para fazer os meus trabalhos em C. Há tempo já uso eclipse para a plataforma java, e sem dúvida digo que é o melhor ambiente que já utilizei, porém, o uso para C era algo novo e quem sabe, uma promiscuidade minha.

Peguei, baixei, instalei o plugin para o eclipse, baixei meus fontes via subversion e tudo okay! Muito fácil de depurar, usar, ainda com o autocompile, ou usar o velho Makefile… tudo ótimo! Durante uns 3, 4 dias tudo foi uma maravilha, mas comecei a perceber algumas “chatices” do depurados, que nada mais é que um front-end do gdb. Alguns breakpoints condicionais não funcionavam como deveriam, tentava usar o print “variavel” ou print “comando” e não funcionava bem, ou até o Display, algo que acho formidável, não funciona ou nem é implementado para C. Ou seja, tudo que eu mais gosto no eclipse não funcionava.

Depois da traição, dei um commit das alterações que eu fiz e voltei para o vim+gcc+gdb feliz da vida!

De brinde ainda achei um script para o vim, o “supertab.vim” , que autocompleta as palavras ao apertar <tab>, que uso junto com o “a.vim” que serve para alternar facilmente entre os .c e .h e o “taglist.vim“, que quando aperto <F8> aparece todas as funções/variaveis/defines dos meus fontes. Trai o movimento nerd, conheci o lado eclipse da vida, mas voltei para o vim! :D

Se alguem tiver outras sugestões de plugins, me avise!

One thought on “Trai o movimento nerd, veio!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s